Somos parceiros do seu negócio!

Somos parceiros do seu negócio!

Governo Federal prorroga programa que permite redução de jornada e suspensão de contrato de trabalho.

Data

Foi publicado nesta quarta-feira (14/10), no Diário Oficial da União (DOU), o Decreto n° 10.517/2020, que permite a prorrogação dos prazos dos acordos de redução proporcional da jornada de trabalho e suspensão temporária do contrato de trabalho, ambos previstos na Lei nº 14.020/2020 (oriunda da conversão da Medida Provisória nº 936).

Em essência, o Decreto prorrogou por mais 60 (sessenta) dias o período em que as empresas poderão reduzir a jornada e suspender o contrato de trabalho de seus funcionários, elevando para até 240 (duzentos e quarenta) dias o prazo original previsto.

Inicialmente, o prazo máximo dos acordos era de 60 (sessenta) dias para a suspensão do contrato de trabalho e de 90 (noventa) dias para a redução de salário e de jornada (que pode ser de 25%, 50% ou 70%).

No início de julho, o Governo Federal editou o primeiro decreto prorrogando a duração máxima dos acordos por 60 (sessenta) dias no caso de suspensão do contrato e mais 30 (trinta) dias no caso de redução de salário. Em agosto, houve nova prorrogação, e agora o programa será estendido pela terceira vez.

Contudo, o Decreto estabelece que os acordos se limitarão à duração do estado de calamidade pública, que irá até 31 de dezembro de 2020, conforme previsto no Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020.

Mais
notícias

Somos parceiros do seu negócio!

Scroll Up